Você está interessado em praticar Balé? Essa modalidade de dança sempre foi muito tradicional, principalmente devido à sua origem, que remonta ao Renascimento, fim do século XV. Até hoje, é uma atividade muitos escolhida por meninas e meninos que querem se aventurar na arte. Saiba um pouco mais sobre essa dança!

O que é o Balé ou Ballet?

Balé ou Ballet é uma modalidade de dança. A expressão provém do italiano ballare (“bailar”). A dança nasceu na Itália, em pleno Renascimento, especificamente no fim do século XV, na cerimônia de casamento do Duque de Milão com Isabel de Aragão. 

Sua origem remonta às apresentações de pantomima, estilo teatral em que os atores se expressavam apenas por meio de movimentos corporais e fisionomias.

Apesar de ter se originado na Itália, o Balé ganhou muitos adeptos na França, quando em 1661 foi criada a Academia Real de Dança e, em 1713, a Escola de Dança da Ópera. Já no século XIX, com o declínio da fase do Balé romântico, o pólo de criação deslocou-se de Paris para São Petersburgo, na Rússia.

O balé se baseia em alguns postulados básicos: posição ereta, prática do en dehors (giro exterior dos membros inferiores), corpo vertical e simetria. Existem dois estilos de Ballet:

  • Ballet clássico: balé mais metódico e tradicional, que traz influências italianas, francesas e russas. Cada país desenvolveu técnicas exclusivas, mas que têm como resultado diferenças sutis na execução dos passos. O estilo é liderado pelo italiano Carlo Blasis, o pai do ballet.
  • Ballet contemporâneo: segue os postulados básicos das correntes artísticas tradicionais, mas é influenciado pelas danças modernas, permite maior amplitude nos movimentos.

Em geral, o Balé é dançado com músicas clássicas, de compositores famosos, como Beethoven, Schubet e Mozart. No Ballet contemporâneo, as músicas são mais livres. Pode-se inclusive, utilizar canções de artistas de jazz da atualidade.

Principais companhias e escolas de Balé do mundo

balé Existem muitas companhias e escolas renomadas de Balé no mundo. Um dos ícones do Balé norte-americano é o Dance Theatre of Harlem, fundada em 1969 por Arthur Mitchell, primeiro afro-americano a ser o bailarino principal do New York City Ballet, e Karel Shook, seu professor de dança. 

No entanto, a mais famosa companhia dos EUA é o American Ballet Theatre, com sede em Nova Iorque, conhecida por sua técnica de dança e por produzir os melhores bailarinos do mundo.

Dentre as mais tradicionais, estão as russas Bolshoi Ballet Academy (Moscou), de 1776, e Mariinsky Ballet (São Petesburgo). O Bolshoi é uma das melhores companhias de balé do mundo e uma das mais tradicionais.

O Mariinsky foi fundado no século XVIII e é originalmente conhecido como o Balé Imperial Russo. Na França, aparece a Paris Opera Ballet, criada em meados de 1600, no reinado de Luís XIV.

Em Londres, o Royal Ballet é primeira e mais importante companhia de ballet do Reino Unido. 

Como o Balé se desenvolveu no Brasil?

O primeiro espetáculo de Balé clássico no Brasil aconteceu em 1813, no Rio de Janeiro, mas a dança só foi ganhar popularidade com a celebração das companhias de balé russas (Diaghilev e Pavlova), no Teatro Municipal do Rio de Janeiro.

Dentre nossos maiores talentos que floresceram da arte, estão Dalal Achcar, Márcia Haydée, Tatiana Leskova e Ana Botafogo.

Quais os seus benefícios para a saúde?

O Balé é uma dança que pode trazer muitos benefícios para a saúde, tais como:

  • Memória: o ballet estimula a memorização dos nomes de passos, técnicas e coreografia, sendo uma verdadeira ginástica mental. Considerado na acepção de lazer, é uma atividade que reduz o risco de ter doenças mentais
  • Bem-estar: a dança é uma atividade gratificante que proporciona bem-estar aos seus praticantes, especialmente por causa da música e do movimento;
  • Condicionamento físico: o Balé trabalha todos os músculos do corpo, inclusive os internos, que são difíceis de serem estimulados. Por isso, oferece bom condicionamento físico, melhor até que o de nadadores olímpicos, e evita dores nas costas. 
  • Trabalho em grupo e individual: o ballet desenvolve o espírito de equipe, ao mesmo tempo em que desenvolve a individualidade. 
  • Emagrecimento e autoestima: a dança é uma atividade aeróbica que contribui para o emagrecimento, além de contribuir para uma melhor autoestima e consciência corporal de pessoas obesas.
  • Depressão: a dança é uma das atividades indicadas para combater a depressão, pois produz endorfina e proporciona o trabalho em grupo, além de regular a serotonina e a dopamina, neurotransmissores-chaves para evitar a depressão.

O Balé é uma dança tradicional, cativante e bonita, com inúmeros expositores ao redor do mundo. Além da beleza, ele traz muitos benefícios para a saúde. Que tal começar a dar os primeiros passos?

Conheça o Blog do Teatro L'Occitane