O piano é um instrumento de corda percutida que devido a sua versatilidade ganhou popularidade por todo o mundo, sendo amplamente explorado por inúmeros artistas.

Trouxemos nesse post informações sobre a origem e o funcionamento do piano. O instrumento que aparece em quase todas as vertentes da música: das grandes orquestras as apresentações de jazz!

Origem do piano

A princípio, a origem do piano esta datada no início do século 18. Todavia, foi através da evolução de um outro instrumento (chamado cravo) que o piano surgiu. O italiano Bartolomeo Cristofori (nascido em 1655) fabricou por muitos anos cravos.

Se mudou pra Florença a fim de começar seus estudos que dariam origem ao instrumento que conhecemos. Como resultado, foram 10 anos para Bartolomeo colocar novas funções inimagináveis no cravo.

Piano

Esse novo modelo feito por ele ficou conhecido como pianoforte. Em 1709 apresentou seu primeiro piano, que tinha a seguinte definição: “instrumento musical de madeira, que é ativado através de um teclado que dá movimento as cordas presas a uma estrutura”.

De início, sua invenção que com o tempo tomou uma enorme proporção, foi chamada de “precária” na época. Embora a família real portuguesa incentivou no Brasil o uso e o estudo do pianoforte.

Timbre e sonoridade

O piano é um instrumento de cordas percussivas. Seu som é produzido através de peças chamadas “martelos” feitas de madeira. Dessa forma, as cordas esticadas e presas a uma estrutura são tocadas conforme os martelos são ativados por teclados.

Piano

O instrumento também possui pedais, normalmente 2 ou 3. O da direita sendo o que permite que as cordas vibrem livremente. Ele possui 88 notas musicais, sendo elas: oito lás, oito sis bemóis, oito sis, oito dós, sete dós sustenidos, sete rés, sete mis bemóis, sete mis, sete fás, sete fás sustenidos, sete sóis e sete sóis sustenidos.

As teclas brancas são das notas naturais como dó, ré, mi e etc. Já as pretas são dos acidentes, sustenidos e bemóis. Também existem outros tipos de pianos, os chamados pianos de cauda.

Esse tipo de piano vem com sua armação e suas cordas colocadas horizontalmente. Também existem os pianos verticais, que tem armação e cordas verticais.

Devido a sua versatilidade, foi imortalizado em obras de compositores muito importantes para a música, como Chopin, Beethoven e Mozart. O piano é amplamente utilizado em diferentes gêneros musicais.

Tem grande destaque em toda a música ocidental porém principalmente no jazz, na mão de pianistas como Bill Evans e Oscar Peterson.

Conheça o Blog do Teatro L'Occitane