Benoît Fromanger
Nascido em Paris, Benoît Fromanger é regente titular da Orquestra Sinfônica de Bucareste desde 2011.

Internacionalmente reconhecido como regente do mais elevado nível, Benoît Fromanger tem por objetivo apresentar e compartilhar, a cada concerto, sua abordagem musical, seu respeito humano pelos músicos e pelo público, sua energia, generosidade e paixão.

Os trabalhos recentes de Benoît Fromanger incluem apresentações em festivais de renome, à frente de orquestras como a Metropolitana de Montreal, Sinfônica da Rádio Eslovena Ljubljana, Orquestra Presidencial de Ankara, Filarmônica de Bursa (Turquia), Filarmônica de Tianjin (China), Sinfônica Dokuz Eylul (Deso Izmir), Filarmônica Adana, Filarmônica de Manaus, o Kuhmo Virtuosi (Finlândia), as orquestras de câmara de Praga e de Innsbruck, entre outras.

Entre os destaques futuros, há concertos com a Orquestra Filarmônica de Adana, Camerata Antiqua de Curitiba, Sinfônica de Bursa, Sinfonieta da Geórgia, Sinfônica de Bucareste e Orquestra Filarmônica de Antália.

Benoît Fromanger, premiado pelo Conservatório de Paris, iniciou sua carreira musical como solista titular da Orquestra da Ópera Nacional de Paris. Dez anos mais tarde, mudou-se para Munique (Alemanha), para atuar como solista titular da Orquestra Sinfônica da Radiodifusão da Baviera.

Após uma brilhante carreira como solista de flauta e músico de orquestra sob a batuta de regentes como Leonard Bernstein, Lorin Maazel, Carlos Kleiber, Valéry Gergiev, Bernard Haitink, Zubin Mehta, Carlo Maria Giulini e Daniel Barenboim, decidiu estudar regência com o professor Rolf Reuter, com quem se formou na Faculdade de Berlim.

Como regente, mantém estreito relacionamento com vários solistas, tendo se apresentado com Juliette Hurel, Corina Belcea, Idil Biret, Brigitte Engerer, Katia & Marielle Labèque, Denis Pascal, Fanny Clamagirand, François Leuleux, Wenzel Fuchs, Hans-Jürg Rickenbacher, Oozier Aydin, Naoko Shimizu, Bertrand Chamayou, Marie-Luise Neunecker, Bernard Soustrot, Eric Francerie, David Guerrier, Richard Galliano.

Benoît Fromanger tem afinidade especial com a música de seu país natal, a França. Recentemente regravou as Cantatas do compositor Thierry Machuel, registrou a estreia mundial das obras orquestrais de Mel Bonis (1858-1937), e realizará uma gravação em parceria com a Sinfônica de Bucareste, pelo selo Le Chant de Linos.

Benoît Fromanger foi nomeado professor da Faculdade de Música Hanns Eisler, de Berlim, em 2004.

No Brasil, ele tem participado do festival Música em Trancoso como solista e regente.

Habilidades

, , ,

Postado em

13 de março de 2018

Enviar Comentário