Timur Martynov

Timur Martynov é excepcional representante da escola russa de sopros.Iniciou os estudos aos oito anos de idade com Georgy Kaminsky. Mais tarde, deu prosseguimento à formação musical no Conservatório Estatal de São Petersburgo, com o professor Yuri Bolshiyanov, e no Conservatório de Música de Luxemburgo, com os professores Charles Consbruck e Roman Zaremba.

Timur Martynov vem se firmando, ao longo dos últimos 20 anos, como notável primeiro trompetista em diferentes orquestras e também se destaca como solista.Sua estreia como músico de orquestra se deu aos 16 anos de idade na Orquestra Sinfônica Acadêmica Estatal de São Petersburgo, sob a batuta de seu pai, Ravil Martynov, Artista Nacional da Rússia e professor de regência no Conservatório Estatal de São Petersburgo.

De 2003 a 2005 Timur Martynov foi primeiro trompete da Orquestra Filarmônica Nacional da Rússia, sob regência de Vladimir Spivakov. Ainda em 2005, foi convidado por Theodor Currentzis para atuar como solista e trompetista titular na Orquestra Sinfônica da Ópera e do Balé do Teatro Novosibirsk, bem como na orquestra de câmara Music Aeterna Ensemble. Desde 2007 é primeiro trompete permanente da Orquestra Sinfônica Mariinsky – dirigida pelo Maestro Valery Gergiev – e membro doensemble Mariinsky Brass.

Timur Martynov já se apresentou em prestigiosas salas do mundo todo, incluindo o Kennedy Center for the Performing Arts, a Metropolitan Opera e o Carnegie Hall (EUA), a Wiener Konzerthaus e a Musikverein (Áustria), The Royal Albert Hall (Grã Bretanha), Usher Hall (Escócia), Philharmonie Berlin e Gewandhaus (Alemanha), Tonhalle Zurique e Sala de Concertos do Centro de Cultura e Congresso de Lucerna (Suíça), Concertgebouw Amsterdam (Holanda), The Center for the Performing Arts (China), Suntory Hall (Japão), Philharmonie de Paris (França) e muitas outras.

Além das atividades orquestrais, Timur Martynov é muito solicitado como solista. Dividiu os palcos com vários renomados pianistas, dentre eles Denis Matsuev, Daniil Trifonov, Alexey Volodin, Alexander Toradze, Yeol Eum Son e Lukas Geniušas, interpretando o Concerto no 1 para Piano e Trompete solode Shostakovich.

O famoso compositor russo Rodion Shchedrin apontou Timur Martynov como seu trompetista favorito. Todas as composições de Shchedrin, bem como suas óperas estreadas no Teatro Mariinsky, seu Concerto para Trompete e o Concerto “Parlando” para Violino, Trompete solo e Orquestra foram interpretados por Martynov.

Timur Martynov participa de inúmeros festivais de prestígio: BBC Proms (Grã Bretanha), Festival de Música de Mikkeli (Finlândia), Festival de Música de Salzburg (Áustria), Festival Beethoven (Alemanha), Festival de Música de Edimburgo (Escócia), Festival Noites Brancas e Festival de Páscoa (Rússia).

Sua execução do solo para trompete na Sinfonia no 5 de Mahler no BBC Proms de 2010, com a World Symphony Orchestra, continua sendo uma das mais notáveis interpretações até hoje.

Timur Martynov participa com regularidade de gravações de CDs e vídeos como solista ao lado da Orquestra Mariinsky e da Orquestra Mundial pela Paz, sob regência de Valery Gergiev, e como primeiro trompete convidado da Orquestra do Festival Diaghilev, sob regência de Theodor Currentzis.

Além de suas atividades artísticas, Timur Martynov ministra masterclasses e workshops com regularidade. Ao longo de sua carreira, procura se aperfeiçoar e trocar experiências com representantes de outras escolas, como Maurice Andre, John Wallace, Gábor Tarkövi, Youko Harjanne, Malte Burba, Hans Gansch, Thomas Gansch e muitos outros.

Timur Martynov foi premiado em vários concursos internacionais: 4o lugar e o Prêmio Especial no Concurso Maurice Andre (França), 2o lugar no II Concurso Internacional Raimo Sarmas (Finlândia) e finalista do Concurso Internacional da Primavera de Praga (República Checa).

Habilidades

, , , ,

Postado em

14 de março de 2018

Enviar Comentário